Notícias - Cultivo e Conservação da banana

Cultivo e Conservação da banana

A banana é um fruto muito perecível, por esta razão o tempo de conservação sob refrigeração é de no máximo três semanas.

Os passos para execução da frigoconservação são os seguintes:

  1. após o despencamento, fazer a lavagem dos frutos com solução de detergente doméstico (1 litro de detergente para 1.000 litros de água) para remover o látex e, tratamento com o fungicida Benlate (4kg para 1.000 litros de água);
  2. embalar as bananas em caixas de madeira ou papelão para armazenamento na câmara frigorífica;
  3. A temperatura de referência para a frigoconservação é de 12 ºC, com umidade na faixa de 85 a 95%. A temperatura mínima de armazenagem depende da sensibilidade da banana a danos pelo frio, que pode ser condicionada pela cultivar, condições de cultivo e tempo de exposição a uma determinada temperatura.

Após o tempo desejado de frigoconservação, as bananas devem ser climatizadas, sendo removidas para câmaras de maturação, onde são tratadas com etileno ou, previamente, com ethephon.

Conservação em atmosferas controlada e modificada

A conservação de bananas pode ser aumentada para até quatro meses, usando-se atmosfera controlada, a 20ºC, com 7 a 10% de CO2 e 1,5 a 2,5% de O2.

A modificação da atmosfera, selando as bananas em sacos de polietileno, também aumenta significativamente o tempo de conservação. A inclusão de permanganato de potássio, um absorvente do etileno, estende ainda mais o período de armazenagem. Uma vantagem adicional dos sacos de polietileno é que o seu uso é efetivo em uma larga faixa de temperatura, desde 13 até 37ºC.

Maturação controlada – climatização

A maturação controlada visa uniformizar a maturação, bem como a melhoria do aspecto visual dos frutos, devido à atrativa coloração amarela desenvolvida na casca. A faixa ideal para climatização é de 14 a 24ºC, na qual não ocorrem alterações na qualidade dos frutos. A manutenção da umidade relativa entre 85 e 95% durante a maturação é vital para a obtenção de frutos de boa qualidade de cor e sabor.

Procedimentos pra executar a climatização:

1) empilhar as caixas de banana de modo que ocorra ventilação entre as mesmas, para evitar fermentação. Recomenda-se o empilhamento no padrão 4-blocos alternados;

2) usar como indutor da maturação o gás etileno, na dosagem de 28 litros para 28 m3 da câmara. Se for usado produto comercial contendo etileno (Etil-5 ou Azetil), a quantidade será de 280 l / 28 m3 . Durante as primeiras 24 horas após aplicação do gás, a câmara deve ser mantida hermeticamente fechada. Após este tempo procede-se a ventilação por 15 a 20 minutos, para suprir a câmara com o oxigênio essencial para a respiração normal das bananas.

Climatização com ethephon

O ethephon (Ethrel ou similar) é uma alternativa ao uso do etileno, tendo como vantagem ser um produto líquido, evitando assim, a necessidade de câmara do tipo hermética.

Concentração da solução de ethephon

Para cultivares do grupo AAB, tais como, ‘Prata Anã’, ‘Thap Maeo’, ‘Pacovan’ e o híbrido ‘Pioneira’ recomenda-se 166 ml do produto comercial para 100 litros de solução. Para ‘Nanica’ e ‘Nanicão’ utiliza-se 833 ml para 100 litros de solução e banana tipo ‘Terra’ 208 ml para 100 litros de solução. Quando são cultivadas bananas de todos os grupos, visando facilitar o procedimento de climatização, utiliza-se apenas a concentração mais alta. A tecnologia de climatização com ethephon é de baixo custo, pois a solução pode ser reutilizada por até 200 dias.

Tratamento de indução da maturação

O tratamento consiste em submergir as pencas ou subpencas de banana, contidas ou não em caixas de madeira ou de plástico, na solução de ethephon por dez minutos. Quando se utiliza caixas de papelão, as bananas devem ser embaladas após evaporação da solução. Pode-se utilizar tanques de cimento, amianto ou de alvenaria ou mesmo tonéis. Como regra geral, enche-se o tanque em torno de 2/3 da sua capacidade.

Um tanque de 1.000 litros comporta cerca de 250 pencas de banana e um tonel de 200 litros, 50 pencas. Assumindo-se que o tempo de tratamento de cada lote pode durar 30 minutos, incluindo o despencamento e a lavagem prévia, num dia de trabalho é possível tratar 4.000 pencas no tanque e 800 no tonel.

A solução destinada à reutilização deve ser armazenada no próprio recipiente de tratamento. Para evitar perda da solução por evaporação, o recipiente deve ser hermeticamente tampado. Apesar das bananas absorverem apenas pequena quantidade de solução, durante o tratamento sempre ocorre perda de solução quando as bananas são removidas do tanque. Quando o nível não mais cobrir todas as bananas, pode-se completar o volume com solução recém-preparada, na mesma concentração da anterior ou reduzir a quantidade de banana.

Instalações para climatização com ethephon

Para a obtenção de produto com qualidade ótima de cor e de consumo, as bananas tratadas com ethephon devem ser armazenadas nas mesmas condições de temperatura e umidade relativa utilizadas na climatização com etileno. Quando não se dispuser de câmaras com controle de temperatura e umidade, pode-se usar galpões já existentes na propriedade ou construí-lo As dimensões dependerão da quantidade de banana a ser climatizada. Idealmente, o galpão deve ser construído em local sombreado, sob árvores dispostas nas laterais, para evitar temperaturas elevadas no seu interior. Na ausência de árvores, podem ser plantadas variedades de banana de porte alto (Prata, Pacovan ou Terra) em espaçamento denso (1,50 m), nas laterais e no fundo do galpão. A temperatura no interior do galpão deve ficar entre 14 e 26ºC.

Fonte: Embrapa

FAÇA AGORA SEU ORÇAMENTO!