Notícias - Refrigeração: Do Ártico aos dias de hoje

Refrigeração: Do Ártico aos dias de hoje

Refrigeração: Do Ártico aos dias de hoje

 

A primeira forma de refrigeração de alimentos foi criada pelos árticos, que perceberam que seus alimentos duravam mais, quando enterrados em buracos de gelo.

A partir deste momento a humanidade conheceu os benefícios da refrigeração no sentido de preservação e prolongamento da validade para meses de alimentos que até então precisavam ser consumidos imediatamente.

Hoje em dia nos beneficamos com as facilidades voltadas à refrigeração frio alimentar, com equipamentos que fazem todo o trabalho por nós. Quando visitamos um supermercado, mercearia, panificadora, açougue ou frigorífico podemos notar a utilização de métodos modernos de refrigeração, que controlam e evitam até as menores variações de temperatura, prolongando a validade de diversos alimentos perecíveis.

Porém, muita gente não sabe como funciona o resfriamento e congelamento dos alimentos, e porque eles passam a durar mais depois de congelados, e é esse sistema que este artigo pretende mostrar.

O congelamento para, ou desacelera, a deterioração do alimento com a paralisação total do crescimento de micro-organismos. É importante lembrar que os micro-organismos param de crescer, mas não morrem através de congelamento, por isso a importância de um descongelamento apropriado. Dessa forma, e pelo motivo da freada do crescimento desses micro-organismos, é que o congelamento prolonga - e muito! - a validade dos alimentos, podendo conservar suas propriedades nutritivas por meses.

Além disso, os equipamentos mais modernos oferecem alta eficiência em refrigeração com baixo consumo de energia, um dos vilões dos equipamentos mais antigos, que geravam um custo com energia elétrica bastante elevado.

Este artigo mostra, portanto, a importância da refrigeração (algo tão simples em nossas vidas), para nossa qualidade de vida.


camara fria
FAÇA AGORA SEU ORÇAMENTO!