Notícias - equipamentos impermeáveis em câmara fria

equipamentos impermeáveis em câmara fria

Dica: Sempre mantenha o usuário com equipamentos impermeáveis em câmara fria!

Em toda a atividade em que se trabalha em câmara fria, faz-se necessária a utilização de equipamentos de proteção individual (EPI) apropriados para a segurança do usuário exposto a essas condições. Assim, japonas, calças, capuz, luvas e outros equipamentos são de extrema necessidade dentro de câmaras frigoríficas.

Equipamentos de proteção que são fabricados para uso em baixa temperatura devem possuir algumas características básicas. São elas:

1) Todo o EPI em contato direto com a baixa temperatura deve ser impermeável - dentro da câmara fria não é apropriado o uso de qualquer equipamento (que tenha contato com o ambiente) que possa permear umidade, como luvas de couro, roupas de algodão, calçados de couro e outros. O único EPI que é aconselhável utilizar em contato com o ambiente externo, e não é impermeável, é a balaclava de lã. Em contato com a baixa temperatura e umidade, equipamentos que permeam umidade conduzirão o frio para dentro das vestimentas do usuário, causando um dano à saúde do usuário. Logicamente, as roupas por baixo dos equipamentos externos, como camisetas, meias e outros, podem - e muitas vezes devem - ser de algodão ou lã.

2) O usuário deve ter equipamentos de proteção para baixa temperatura que protejam todo o corpo - quando o usuário estiver exposto na câmara frigorífica, ele deve ter todo o seu corpo protegido, da cabeça aos pés, com EPI's apropriados para a baixa temperatura. Assim, não é indicado o usuário usar japona para câmara fria e usar uma calça de uniforme comum, protegendo, nessa situação, só o tronco do usuário. Do mesmo jeito, não é recomendado o uso de japona e calça e deixar a cabeça descoberta. Portanto, o usuário deve estar protegido das cabeças aos pés quando entrar em câmaras frigoríficas.

FAÇA AGORA SEU ORÇAMENTO!